Bienal do Livro de Minas Gerais, uai!


“Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça,

Essa Bienal que pelos estados se espalha

Divulgando e vendendo livros pra massa”


Hahahaha, ok, não sou boa de rima. Mas tentei né… =)

Gente, que notícia boa poder ver a Bienal em tantos lugares.Essa é a vez de Minas Gerais! Por lá a Bienal rola de 14 a 23 de novembro na ExpoMinas, em BH, e os ingressos custam R$10 (inteira) e R$5 (meia).A programação tem muita coisa bacana, uma pena eu não poder ir =(Para ver todos os detalhes e informações, clique aqui.As dicas para a Bienal continuam as mesmas que dei para a Bienal de São Paulo (vou copiar aqui)…

  • Vá de tênis! Eu sei que sapatilhas são confortáveis, mas no final do dia a falta de amortecimento delas deixará você com dores nas pernas e nos pés. 
  • Roupas confortáveis também são importantes e mesmo que estiver fazendo calor, leve uma blusa. As vezes na volta, a noite principalmente, pode fazer frio, sabe como São Paulo é né? 4 estações num único dia. Melhor não arriscar passar frio.
  • Não vá de bolsa, vá com uma mochila. Conforme você vai pegando brindes, catálogos, comprando livros você vai colocando tudo dentro. A mochila distribui o peso nos ombros e libera suas mãos para fuçar em tudo =)
  • Leve água! Eu sempre levo duas garrafinhas de água para beber. Acho que uma é suficiente. Lá vende, mas não custa levar.
  • Lanchinho na bolsa! Eu SEMPRE levo algo pra comer. Vou para a feira quando abre e só quero ir embora depois que vi tudo, ou seja, quase na hora de fechar. Lá na feira vende lanche, mas além de caros não são lá essas coisas, além disso as filas são imensas, não tem lugar pra sentar, você fica em pé caçando mesas… Eu prefiro então levar um pacote de bolacha, maçã, um suco de caixinha, essas coisas práticas. É um dia que sei que vou comer mal, não tem jeito.


Faço um acréscimo no item mochila. Se puder levar uma mochila de rodinhas ou mala é bem melhor! Carregar o peso nas costas é duro, dói e chega uma hora em que o ombro pede pinico. rsrsrs

Espero que a galera de BH apareça em peso na Bienal. Prestigiar eventos assim só os faz crescer.

Boa Bienal procês! ❤


Filhos da Morte Burra – Edu Planchêz

Jovens sem nenhuma utopia
Caminham tensos pelas ruas de suas casas velhas
Sem nenhuma luz, sem nenhuma luz de Fernando Pessoa
Fechados nas sexuais telas da impotência
Se masturbam contemplando corpos em decomposição!
Morte da minha fé,
Onde estavam o beija-flor e o arco-íris
Na hora do nascimento dessas criaturas
Quantas gotas de flor restam nos corredores dos céus
De vossas bocas.
Quais fontes clamam por vossos nomes?
Eu entrando na virtuosa idade
E eles entrando em idade nenhuma.
Os filhos da morte burra
Cheiram o branco pó da anemia
Esqueceram que um dia tocaram na poesia da
Transgressão em pleno ventre de suas esquecidas mães
Esqueceram de colar o ouvido ao chão
Para ouvir as ternas batidas do coração das borboletas.
Os filhos da morte burra
Jamais levantam uma folha para conhecer o amor dos incertos
Jamais erguem taças ao luar para brindar a
Vigorosa lua
Os filhos da morte burra,
Desconhecem ou jamais ouviram falar em iluminação
Apenas abrem a boca para vomitar.

Boa semana a todos =)

Feliz dia do professor!

Olá!

Estou atrasada, eu sei, mas não deu mesmo para postar ontem. Não sou muito boa com as palavras, mas gostaria de deixar um recadinho aqui.

Vi muitas mensagens ontem sobre o dia do professor, recebi muitos parabéns de amigos e sei que não vou conseguir expressar aqui com palavras o sentimento que carrego no peito em ser professora.
É um misto de alegria, prazer, satisfação, orgulho e felicidade.
Não vou mentir aqui e dizer que é sempre maravilhoso, tem dias em que quero me esconder e gritar, é um caminho árduo a ser percorrido, mas no fim é recompensador.
Me sinto chateada quando vejo o quão sucateada está a educação, o quão largada ela está a anos pelo governo e desvalorizada pela população. Mas é vendo que as coisas estão ruins e que podem melhorar que junto forças para realizar meu trabalho.
Volto a dizer, não é fácil. Criamos expectativas que muitas vezes não se realizam, sonhamos alto e viajamos em utopias, mas se não fosse dessa forma não seria educação. A educação é sonhar, é ir além do que vemos, é ser curioso, é querer descobrir o mundo, descobrir a si mesmo, é poder viajar e conhecer sem sair de onde está, é enxergar um horizonte de oportunidades infinitas, é ter o prazer de conhecer, de saber, de aprender, é querer experimentar e poder experimentar.
Podem me chamar de louca, tentar me desmotivar dizendo que não vou conseguir, e talvez eu nem consiga mesmo, mas meu objetivo é conseguir mudar vidas através da educação, poder levar um pouco de esperança, de estímulo, de coragem e alegria para os que mais precisam. Por isso trabalho em escola pública, com muito orgulho!
Não tenho vergonha de dizer que recebo pouco que pelo faço, não tenho vergonha de lutar, de brigar, reivindicar meus direitos. Não é porque ganho pouco que não me dedico como devo, exerço minha profissão com plenitude, dou meu 100% por ela, as vezes até mais e gostaria de ser melhor recompensada por isso sim.
Muita gente se incomoda com a luta do professor, mas Paulo Freire nos lembra em Pedagogia da Autonomia que a luta dos professores em defesa de seus direitos e de sua dignidade deve ser entendida como um momento importante de sua prática docente, não é algo que vem de fora, mas algo que faz parte. Por isso luto.
Luto por dignidade, luto por melhores condições, luto pelo direito de aprender.

É com muita satisfação que hoje faço a minha segunda graduação na área da educação, em Pedagogia, e ao contrário de muitos colegas que com o tempo vão ficando desmotivados, cansados e incrédulos, estou cada dia mais convicta de que escolhi a profissão certa, mesmo com todas as pedras do caminho acredito que através do meu trabalho posso mudar vidas, posso mudar a realidade de muitas pessoas e é acreditando nisso que sigo minha jornada.

Parabéns a todos os guerreiros que saem de seus lares com o propósito e fazer a vida de cada um dos nossos alunos melhor, parabéns a todos que acreditam que a educação é a possibilidade da mudança, parabéns a todos que sonham com um mundo melhor, parabéns a todos que ensinam e aprendem todos os dias nas escolas, parabéns a você professor!

Um super feliz dia do professor (atrasado, mas tá valendo!), que para mim é como dia das mães, deveria ser comemorado todo dia! =D

Parabéns a todos nós!

Pedido de desculpas…

Olá gente!

Bom, vocês devem ter notado que eu diminui drasticamente as postagens desse blog e no Youtube. Na verdade eu parei, não diminui, mas tudo isso tem um motivo, a “falta de tempo”.
Juntou final de bimestre na escola com mais de 450 provas e 200 pesquisas para corrigir, médias dos alunos para fechar, provas e trabalhos da faculdade e muitos eventos com a assessoria.
O estágio eu já desisti, não consigo fazer de jeito nenhum. Não sobra tempo.
Para ajudar na falta de tempo, me inscrevi em todas as palestras, fóruns e seminários que consegui datas para ir, então o tempo livre nesses últimos 2 meses simplesmente não existiu.

O resultado disso tudo são notas acima de 9 na faculdade, médias dos alunos fechadas dentro do prazo e já digitadas na secretaria digital do Governo do Estado de São Paulo, vários casamentos e festas concluídos com 100% de sucesso, palestras e fóruns frequentados com 100% de atenção, relatórios de atividades complementares da faculdade já digitados e canal do youtube e blog abandonados. =(
Toda parte boa vem com uma parte ruim, não é mesmo?
As vezes precisamos deixar de lado algumas coisas para concluir outras. Infelizmente tive que deixar minhas leituras de lado para conseguir cumprir com todas as minhas obrigações dentro dos prazos.
Mas, graças a Deus, semana que vem estarei em recesso na escola e então espero finalmente conseguir terminar o livro que estou lendo para poder fazer o vídeo do canal.
Claro que a folga não será folga mesmo, pois tenho 2 fóruns essa semana para ir, trabalhos da faculdade para concluir, TCC para avançar e aulas a noite na faculdade, porque a semana do saco cheio pelo visto foi extinta #TODASCHORA

Agradeço a compreensão, peço desculpas pelo hiato e espero conseguir postar o vídeo essa semana.
Obrigada pelas visitas, mesmo com o blog paradão como estava.

Vamos ver se consigo me organizar melhor para essa semana. =)

Beijos!